5 truques de styling para modernizar seu look


Mais do que roupas caríssimas, um bom truque de styling pode ser a chave para criar produções descoladas. O melhor é que a gente pode usar tudo aquilo que já temos no armário.


Vou mostrar algumas dicas para deixar o seu visual com aquele ar super moderno, sem gastar nada!

1. Abuse das sobreposições, use um vestido (ou blusa) com outra blusa por baixo, deixando os ombros à mostra.

2. Sabe aquela blusa de peplum que está jogada no fundo do seu armário? Use-a sobre um vestido de comprimento curto.

3. Aposte em duas peças de tons parecidos e combine com uma terceira de tom contrastante.

4. Não use nada por baixo do blazer e aposte em acessórios statement, pode ser um colar ou brincos grandes.

5. Use um suéter oversized sobre um vestido de festa, de preferência um que tenha a saia longa e com fenda.

Veja outros truques de styling aqui e aqui...
Bjusss
Continue lendo ►

Inspiração: barra da calça jeans customizada


Um os truques de styling mais simples é dobrar a barra da calça jeans... mas se você já está cansada de usá-lo, pode aproveitar as ideias que separei, se inspirar e customizar...


Use tecido, plumas, pompom... solte a criatividade e tenha uma peça exclusiva:






Na hora de customizar use cola de tecido, cola quente, cola universal ou costure...
Veja outras dicas de customização de calças jeans aqui...
Em breve farei uma postagem com passo a passo e novas ideias para customizar as barra das calças jeans...
Bjusss
Continue lendo ►

Planejamento é a alma do negócio!


Muitas vezes a gente acaba comprando por impulso, sem planejamento e acaba ficando com o armário lotado de peças que raramente serão usadas. Quando estamos conscientes daquilo que precisamos, trocamos a sensação de culpa, arrependimento e frustração, por confiança, criatividade e autonomia… e quanto mais a gente exercita esse lado, mais prazeroso fica.


Olha o que acontece quando somos conscientes sobre nossas compras:
A gente cuida do que tem pra que dure mais - já que a ideia é comprar menos, a gente acaba cuidando melhor do que tem.
A gente usa mais o que a gente tem - a gente começa a usar a criatividade na hora de se vestir.
A gente conserta antes de descartar - um botão que soltou ou uma bainha desfeita são coisas simples de consertar, dessa forma a gente prolonga a vida útil da peça.
E então a gente compra menos... e quando compra, compra melhor.
Bjusss
Continue lendo ►

Customize suas roupas com correntes


A ideia para essa postagem surgiu enquanto assistia ao programa Vídeo Show. A jornalista Mônica Salgado tem um quadro no programa e estava entrevistando a atriz Vanessa Giácomo... como não podia ser diferente, fiquei reparando na roupa delas(sempre presto atenção nas roupas rsrsrs)... mais precisamente, na jaqueta da Mônica, que era preta, em matelassê, com umas correntes e pensei: "acho que nunca fiz uma postagem sobre customização com correntes"... logo as correntes, que são uma das coisas que a gente mais vê por aí nas roupas...


Então separei 12 customizações para você se inspirar, como eu, e fazer nas suas roupas:

1, 2, 3.

4, 5, 6.

7, 8, 9.

10, 11, 12.

Se inspire...
Bjusss
Continue lendo ►

Por dentro do closet de Emma Watson


Emma Watson abriu seu closet e falou um pouco sobre sua relação com a moda. Todo mundo sabe que ela se preocupa com questões ambientais, comércio justo, mas quer fugir daquele clichê "verde", "eco" ou "sustentável" : "eu ainda estou trabalhando para isso, mas estou tentando definir um desafio de quanto material sustentável posso usar no tapete vermelho. Eu tenho trabalhado muito com Livia Firth. Ela faz o Green Carpet Challenge, e ela tem uma agência, Eco-Age. Tem sido uma enorme curva de aprendizado; Realmente desafiador, mas realmente gratificante ".


Ela conta que seu interesse pela moda sustentável começou quando ainda estava na escola: "Fiquei obcecada com o comércio justo e não consegui entender por que não era uma prática comercial padrão pagar as pessoas de maneira justa pelo seu trabalho. Na verdade, fui à Saïd Business School [na Universidade de Oxford] e entrevistei o Dr. Alex Nicholls [Professor de Empreendedorismo Social] para um dos meus projetos escolares. Ele me apresentou a Safia Minney, que trabalha para People Tree no Reino Unido. Acabei por fazer uma grande viagem com ela para Bangladesh em 2010. Três anos depois, o incidente do Rana Plaza aconteceu, e isso reacendeu minha paixão. Desde então, coisas como The True Cost surgiram e práticas trabalhistas justas realmente se tornaram algo que as pessoas estão falando, o que é fantástico".


Emma também diz que não concorda que as empresas criem nichos sustentáveis apenas por modismo, mas sim que essas empresas realmente se preocupem com o meio ambiente e com condições justas de trabalho. Ela também diz que as pessoas costumam usar a desculpa de que os produtos sustentáveis são caros, mas em suas pesquisas ela encontrou vários itens acessíveis. "Na verdade não é apenas sobre o que você compra; trata-se de o que quer que você compre, você a usaria trinta vezes? Isso torna algo ético e sustentável. Esse é realmente o problema que temos com a moda, que as pessoas estão comprando roupas e jogando-as depois de as usar duas vezes, poluindo a terra, criando condições de trabalho inseguras. Destruindo o planeta, essencialmente". Ela acredita que a solução é simples: "as pessoas esquecem muitas roupas vintage e de segunda mão, esquecem-se de comprar coisas mais duráveis ​​ou de comprar um pouco menos. Cuidar do que você já possui para comprar menos, esse tipo de coisa é incrivelmente sustentável ". "Ao longo dos últimos meses, tentei me perguntar:" Eu realmente uso isso? Eu realmente quero isso? Eu vou usá-lo? Quanto eu vou usar isso? Eu acho que mesmo isso é um grande passo ".


Ela diz que tornar-se consciente foi incrivelmente libertador porque reduz as opções, fazendo com que ela tenha que ser mais criativa. Emma também acredita que se vista melhor porque tem menos, porém são peças perfeitas: "presto muito mais com atenção sobre o que compro, e compro menos porque escolho cuidadosamente. Estou tentando fazer mais compras on-line; uso Instagram para comprar muito mais do que costumava, porque encontro muitas marcas através dele. Muitas vezes ia  às lojas e pensava: "Oh, eu só tenho uma hora e preciso comprar algo, não é o por isso que vim, mas já que estou aqui, vou comprá-lo. Eu nunca faço isso agora ".


"Para produtos de beleza, tenho uma regra de 80/20, onde a maioria das coisas que compro tento ter o mínimo de produtos químicos, mas há algumas coisas que você simplesmente não consegue encontrar. Como um rímel natural impermeável, por exemplo. Mas estou tentando!"


Além de procurar trabalhar sempre com estilistas femininas, Emma se preocupa em como apoiar e encorajar mais mulheres. Veja a entrevista completa aqui
Bjusss
Continue lendo ►